A azaleia não floresce, as razões e técnicas estão aqui
2023/05/26

A espécie Plumeria possui um longo período de floração e pode florescer durante todo o ano, desde que a temperatura esteja acima de 16 graus Celsius. Se a sua Plumeria ainda não floresceu ou tem poucas flores, é importante ler este artigo, pois nele estão organizadas as razões e métodos para resolver esse problema.

Razões para a falta de floração:

Falta de luz: A Plumeria precisa de luz solar direta e intensa, não apenas luz difusa. Ela precisa receber pelo menos 3 horas de sol por dia, sendo o ideal de 4 a 6 horas diárias. Se a planta não recebe sol direto, será difícil que ela floresça.

Deficiência de fósforo: Se as folhas estiverem exuberantes e houver crescimento contínuo de novos ramos, mas a planta não produz flores, pode ser que haja um excesso de nitrogênio e uma deficiência de fósforo.

Falta de água: Embora a Plumeria seja resistente à seca, os botões florais são sensíveis à falta de água. Os botões pequenos se formam abaixo das folhas e, se a rega for negligenciada, eles secarão e cairão rapidamente.

Crescimento excessivo e ramos muito longos: Quando as folhas da Plumeria crescem desproporcionalmente longas, com grande espaçamento entre elas, pode ser um sinal de falta de luz ou excesso de rega, e esses ramos dificilmente produzirão flores.

Dicas para estimular a floração:

Aumentar a iluminação: Coloque a Plumeria em um local onde receba luz solar direta e intensa. Se possível, leve-a para fora para receber sol diretamente. Caso não seja viável cultivá-la ao ar livre, você pode utilizar lâmpadas de luz artificial, como LED vermelho e azul, suplementando a planta com 3 horas de luz entre 17h e 20h.

Suplementação de fósforo: Evite o uso de fertilizantes compostos. Se as folhas da planta estiverem exuberantes, recomenda-se o uso de um fertilizante contendo fosfato de potássio, pulverizando-o sobre as folhas diluído em uma proporção de 1:1000 em água, ou aplicando-o na rega diluído em uma proporção de 1:2000, a cada 10-15 dias, até que os botões florais se desenvolvam visivelmente.

Observe os botões florais: Durante o verão, quando a temperatura é mais alta, a técnica de controle de água não é recomendada para estimular a floração. Em vez disso, observe se há botões florais se formando abaixo das folhas e, quando estiverem presentes, regue a planta regularmente, garantindo que a água alcance profundamente as raízes. Após a rega, forneça boa ventilação para evitar o apodrecimento.

Poda: Se houver ramos excessivamente longos, é recomendável podar cerca de metade ou dois terços de seu comprimento. Faça o corte na transição da madeira para o verde. Evite o crescimento excessivo dos ramos. Se as folhas estiverem muito exuberantes, também é possível remover algumas delas para economizar nutrientes e estimular a floração.

AD
Artigo